Mulher procura o pai perdido e 23 anos depois tem uma surpresa

Algumas pessoas nascem sem o contato com o pai e com o passar do tempo querem conhecê-lo a todo custo, outras, não. Até porque,

Por: Igur Ribeiro
02 Fevereiro 2018 13h 34min

Algumas pessoas nascem sem o contato com o pai e com o passar do tempo querem conhecê-lo a todo custo, outras, não. Até porque, cada um tem um motivo para sua decisão e os casos são individuais, únicos.

Com Julia Consuelo Botechia, de 23 anos, foi assim: ela queria conhecer o pai, que nunca teve contato. Somente tinha uma foto dele com sua mãe e um nome, que por sinal estava errado. Ela achava que o pai se chamava Mario, mas na verdade era Amaro.O homem se relacionou com a mãe de Julia durante cinco meses e foi embora da cidade de Riberão Preto, em São Paulo, sem saber que ela estava grávida.

Com o objetivo de encontrá-lo, Julia compartilhou a única foto que tinha nas redes sociais, sem nem mesmo ter o sobrenome de quem buscava.Mas, seis dias depois, veio sua resposta. Uma sobrinha de Amaro Luis Tavares o reconheceu na publicação:
“Ele me disse que a sobrinha jogou a mensagem no grupo da família e confirmou que era ele mesmo. A partir daí, fizemos contato e consegui o telefone dele”, contou. Hoje, Amaro tem 56 anos e vive no Pernambuco, trabalhando como caseiro. Ele disse que ficou muito surpreso e feliz ao saber da notícia e que nunca teria saído da cidade se soubesse que teria uma filha.


Desde seus 9 anos, Julia acreditava que o pai tinha ido embora antes dela nascer, pelo que a mãe lhe contava:
“Tive um pai de criação, mas desde criança tinha a curiosidade de conhecer o biológico. Cheguei a tentar procurá-lo de outras maneiras, mas nunca tinha dado certo.” Amaro teve outro filho, do primeiro casamento, mas ele morreu aos 29 anos.
Seu primeiro contato aconteceu através de uma ligação por telefone e depois, de vídeo, repleta de emoção: “Ele disse que não tinha ninguém e que nós fomos um presente de Deus para ele. Nós dois choramos”, conta Julia. Agora, ela tem o desejo de comemorar o aniversário de 24 anos, em março, ao lado do pai. Um história muito emocionante. Compartilhe com os amigos!



© 2018, Aquelamiga.com todos os direitos reservados.