Para deixar as ruas “limpas” para a Copa, Rússia mata milhares de cães e gatos de rua

A Rússia irá sediar a Copa do Mundo da Fifa neste ano. Entretanto, algumas coisas desse país passam desapercebidas por nós. Po

Por: Igur Ribeiro
16 fevereiro 2018 23h 15min

A Rússia irá sediar a Copa do Mundo da Fifa neste ano. Entretanto, algumas coisas desse país passam desapercebidas por nós. Por exemplo, para se preparar para receber os turistas, algumas cidades decidiram diminuir a quantidade de animais que vivem nas ruas.

Mas o maior problema é como isso está sendo feito. De acordo com informações de grupos de resgate de animais, 11 cidades decidiram “se livrar” de milhares de cães e gatos abandonados. De acordo com estimativas, quase dois milhões de cães vivem nessas cidades. Mas com essa nova proposta da Rússia, muitos deles já desapareceram.

Segundo alguns grupos de resgate de animais, até mesmo cães resgatados também foram levados. De acordo com Nadejda Sergueeva, voluntária de um grupo de resgate em Volgograd, eles perderam vários cães em dezembro. Após essa bomba estourar eles logo resolveram mudar de ideia e o governo russo preocupa-se com a imagem do maior país do mundo perante os restantes, por isso o mesmo já ordenou que essas cidades anfitriãs criassem novos abrigos de animais para cachorros e gatos de rua.

Entretanto, a situação ainda continua a mesma. A FIFA já foi procurada para prestar informações e até mesmo interferir no caso, mas a organização apenas afirmou que “tem tanto a fazer que não pode fazer nada sobre isso”.



© 2018, Aquelamiga.com todos os direitos reservados.